Resenha: S.

S. Este é o nome do livro. S.

Só esse título de uma única letra já foi o bastante pra me instigar. Sou uma pessoa extremamente curiosa e imediatamente me interessei.

“S. foi idealizado pelo renomado JJ Abrams e escrito pelo não menos reconhecido Doug Dorst. Este projeto literário da um passo atrás em dias de tanta tecnologia, para dar dar 10 passos à frente na inovação da experiência proporcionada. Nos é apresentado algo que vai além do palpável e que transita livremente pelos nossos sentidos. Aqui a descoberta está em cada detalhe: na capa dura com detalhes em relevo; no papel de aspecto antigo; no cheiro das páginas; na tipografia escolhida e nas minúcias de cada encarte preciosamente projetado. Cada ponto – ou falta dele – foi pensado. Nada está ali por acaso – e o acaso nos guia por suas linhas. As linhas de O navio de Teseu nos fazem navegar em mares mitológicos. Se cada pedaço seu for substituído ao longo de sua vida você ainda seria a mesma pessoa? O que lhe define? Qual a sua essência? Em uma narrativa construída por múltiplas camadas, acompanhamos Eric e Jen partilhando experiências, descobertas e sentimentos nas margens de um livro de biblioteca roubado. Este livro é obra do autor VM Straka, supostamente desaparecido e acusado de conspirações e assassinatos. Juntos partem numa aventura em busca da identidade secreta deste autor, guiados por pistas deixadas nas notas de rodapé pelo tradutor, FX Caldeira, de sanidade mental questionável. E como uma tela de fragmentos interpretativos, a história vai se revelando a nossa frente, assim como é – ou foi um dia – ou não.”

Quando vi o singelo nome na capa “J. J. ABRAMS” meu mundo caiu. Óbvio que Doug Dorst é um grande escritor, e eu o admiro e tudo o mais, mas J. J. Abrams foi pessoalmente responsável por criar o motivo de tantos anos de tortura da minha vida: a série Lost! Eu odeio esse cara! Eu AMO odiar esse cara! Sem falar que ele trouxe Star Trek de volta pras telonas e ainda me fez gostar um pouquinho de Star Wars com o novo filme! RESUMINDO: O CARA É FODA!

Só que como se não bastasse isso o livro todo é um mistério. A caixa, a embalagem, o livro dentro, o monte de anotações nas bordas (que estão me deixando com TOC), e o pior, os papéis, cartões postais, bilhetes e outras coisas que encontramos no meio do livro. TUDO nesse livro atrai pessoas curiosas.

Mas enfim, o descobri através de uma matéria feita pelos editores da editora Intrínseca, onde contam o grande desafio de traduzir o livro e manter os segredos, detalhes minuciosos e outras coisas na mesma qualidade e sem estragar a história. Logo que comecei a ler o relato das editoras me apaixonei e JURO que passei noites pensando nesse livro!

Tem sido realmente uma tortura até que finalmente hoje ele chegou em casa, mas sabe o que é pior? Graças ao meu pacto-comigo-mesma de que “não vou parar de ler um livro pra começar outro”, tenho que terminar o livro que estou lendo atualmente para poder começá-lo. Quem estiver interessado em comprar, o livro está em promoção na amazon!

Porém só folhear o livro já é um prazer imenso! Ele está repleto de coisas fantásticas, a textura é fantástica, o cheiro, as anotações a mão, o livro foi pensado nos mínimos detalhes e isso me encantou como há muito nada encantava.

Aguardo ansiosamente para ler e fazer uma resenha detalhista!

IMG_2130
IMG_2131
IMG_2132
IMG_2133
IMG_2135
IMG_2136
IMG_2137
IMG_2138
IMG_2139

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *